Babar ovo e Puxa-saco

Babar ovo, é uma expressão daqueles que puxa pela criatividade! 🙂

Antes de avançar é importante esclarecer que não consegui encontrar a origem desta expressão, portanto a explicação para a origem desta gíria brasileira é baseada única e exclusivamente no meu raciocínio criativo e na minha imaginação fértil. Prosseguindo…

Babar ovo – partir/destruir alguma coisa? Não.
Babar ovo – um ovo mal cozido? Não.
Babar ovo – momento maternal de uma mãe com o seu ‘ovo’? Não.
Babar ovo – um cachorro daqueles que babam tudo? Não.
Babar ovo – salivar por comida? Não (mas é por aqui…).
Babar ovo – adormecer no sofá de boca aberta com a baba a escorrer? Não.

Uma pista: é um termo muito utilizado no meio profissional e escolar.
A Rutenete é uma baita baba-ovo.
(Sim, Rutenete é um nome brasileiro!)

Então…
A clara do ovo é um líquido, claro/transparente, pegajoso.
A baba é um líquido, transparente e pegajoso.
Quando um ovo se parte a clara fica a escorrer de uma forma que faz lembrar baba.
‘Babar-se’ por algo é símbolo de desejo… agora é Batata!
Babar ovo é mostrar desejo mas neste caso não é por comida… é por uma promoção, por boas notas, para cair nas boas graças de alguém.
Uma pessoa baba-ovo é o que em Portugal apelidamos de lambe-botas, cheira-cus. É um bajulador, alguém que elogia muito outra pessoa esperando obter algo em troca, interesseiro.
(Na ausência de explicação oficial sobre a origem desta expressão acho que a minha dá para o gasto!)

O sinónimo mais famoso desta expressão é: Puxa-saco.
Puxa-saco é um termo conhecido em Portugal (novelas?!), mas não utilizado pelos portugueses. Mas não sei se todo o Portugal pensa assim, mas eu, erradamente, julgava que ‘Puxa-saco’ era ser chato, enfadonho. Vivendo e aprendendo! ✌
Puxa-saco é uma expressão brasileira com origem nos quartéis militares. Era o nome dado aos soldados rasos que tinham como obrigação durante as saídas de campo e campanhas carregar os sacos com os mantimentos dos seus superiores hierárquicos.

Sinónimos engraçados: Chupa-caldo / Enxuga-gelo / Xeleléu / Lambe-esporas / Corta-jaca / Chaleira, etc.