BAGULHO PONTA-CABEÇA

BAGULHO

Já tinha ouvido a expressão brasileira ‘Bagulho’, e julgava que seria uma palavra proibida por cá. Mas afinal não é bem assim, no Brasil já ouvi ‘bagulho’ aplicado a outras situações. Então ‘Bagulho’ pode ser:

– Droga (já desconfiava!)
– Coisa roubada, furtada ou clandestina
– Coisa sem valor, de baixa qualidade
– Coisa indefinida
– Grainha
– Pessoa de aspeto descuidado
– Palavra utilizada quando esquecemos ou desconhecemos o nome de alguma coisa


Existem ações ‘Cata-Bagulho’, que são ações de recolha de ‘lixo’ que não tem local definido para ser descartado, como móveis velhos, eletrodomésticos avariados, restos de madeira e metal de forma a evitar que esse lixo seja depositados em vias públicas ou terrenos baldios.

Portanto com algum cuidado, sou livre de usar a expressão Bagulho à vontade!

PONTA-CABEÇA

A primeira vez que ouvi esta expressão foi em Portugal, há muitos anos atrás e através da música. Aliás muitas expressões brasileiras ouvimos pela primeira vez em Portugal em músicas, só que nem sabemos que são efetivamente expressões brasileiras.
A música em questão é Lança Perfume de Rita Lee:

“Me vira de ponta-cabeça
Me faz de gato e sapato”

De ponta-cabeça (ou ponta cabeça) significa “de cabeça para baixo” ou como se diz em Portugal “de pernas para o ar”.
A expressão não é só utilizada sobre a ‘alteração de posição’ de pessoas, mas também para carros, objetos, á vida… tudo o que fique de ponta-cabeça!

Deixe um Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s