EITA PIPOCOU!

Uma das coisas que estou a amar nesta fase de adaptação ao lado de cá do oceano Atlântico é a língua portuguesa, mas a descoberta da língua portuguesa informal do Brasil.

Adoro ouvir atentamente os brasileiros a falar, é uma fase que entretanto se vai perdendo com o tempo quando me habituar ao sotaque e às expressões brasileiras (se bem que o Brasil é enorme, e o sotaque e as expressões variam de região para região, ainda vai demorar) mas enquanto esta fase de adaptação durar, estou a aproveitá-la ao máximo!

Há imensas expressões brasileiras, algumas conhecidas em Portugal outras não, e decidi criar uma ‘rúbrica’ de expressões do Brasil, à medida que vou aprendendo expressões ou palavras vou pesquisar o significado e origem delas.

Uma das primeiras expressões brasileiras que ouvi e me apaixonei foi:

 “A pele dela começou a pipocar”

(foi difícil não me rir)

e também já ouvi: “pipocou a ideia”, “pipocou na tela” e “a água já está pipocando na panela” entende-se perfeitamente e é de uma criatividade linguística que só podia vir dos brasileiros!

Usam ‘pipocar’ em imensas situações: Borbulhas, ir embora, barulhos…

  • arrebentar, fazer bolhas/borbulhas – A pele dela começou a pipocar. e essa camisola está a ficar pipocada
  • aparecer repentinamente – pipocou a ideia e pipocou na tela
  • sair, ir embora – Vou pipocar dessa festa.
  • produzir barulho de estouro – O fogo de artifício pipocou durante meia hora.

E tem um significado muito específico no contexto de futebol:

  • acovardar-se, demonstrar medo: os diretores pipocam para torcedor.
  • ficar nervoso/sob pressão/ jogar mal: O jogador pipocou na final.

Dá para pipocar a toda a hora, e eu já pipoco bem!

Outo brasileirismo viciante é:

EITA!

Eita é uma ‘palavra expressiva’ exprime espanto, surpresa ou satisfação.

Eita você chegou!
“Eeeeita comida boa!

É bem famosa a interjeição EITA (há quem diga eta!), até em Portugal já se ouve! Acho que associamos às novelas, ás personagens caipira, a sua utilização é muito comum no nordeste brasileiro.
Não encontrei nenhuma origem da palavra, é uma palavra do brasileiro que tem o coração na boca e que expressa a sua emoção! Eita, que é bom!

A diferença entre o Português de Portugal e o Português do Brasil vai muuuuito além de um acordo ortográfico, e também vai muito além do que retemos nas novelas brasileiras que passam em Portugal, há expressões que só se ouvem mesmo no Brasil ou falando com brasileiros. Muitas outras virão!